16 de julho de 2020 Atualizado 11:42

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Americana

A uma semana do fim da campanha, só 40% das crianças tomaram vacina contra gripe

Entre grávidas, percentual de vacinação é de 39,39%; meta nos dois grupos é de ao menos 90%

Por George Aravanis

29 Maio 2020 às 16:18 • Última atualização 29 Maio 2020 às 20:42

A uma semana do fim da campanha de vacinação contra a gripe, apenas 40,68% das crianças entre seis meses e menos de 6 anos foram imunizadas em Americana. A meta é vacinar ao menos 90%.

A Vigilância Epidemiológica pede para que pais levem as crianças aos postos nesta última semana e também para as grávidas, outro grupo com baixa cobertura: 39,39%.

Vigilância Epidemiológica fez apelo para que grupos busquem a vacinação nesta última semana da campanha – Foto: Marília Pierre / Prefeitura de Americana

Segundo a assessoria de imprensa da prefeitura, até agora 5.386 crianças receberam a dose e estima-se que a cidade tenha 13.240 pequenos na faixa etária.

Das 1.871 gestantes, 737 foram vacinadas. A Vigilância, inclusive, fez contato com convênios particulares para que reforcem às clientes a importância da imunização – o órgão constatou que boa parte das que não tomaram a dose fazem o pré-natal na rede particular.

A campanha para estes grupos teve início no dia 11 de maio.

A coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Simone Maciel, reforçou a importância da vacinação em virtude da época do ano.

“Estamos na proximidade do início do inverno, quando existe um aumento do número de vírus respiratórios circulantes, especialmente influenza. Ressaltamos a importância das gestantes e crianças tomarem a vacina nesta semana, quando está previsto o encerramento da campanha”, afirmou.

A vacina está disponível das 8h às 16h, em todas as Unidades Básicas de Saúde do município, de segunda a sexta-feira. Já o sistema de drive thru, em que a vacina é aplicada dentro do veículo, está ocorrendo no Núcleo de Especialidades (Rua 1º de Maio, 421, bairro Cordenonsi), para pessoas com dificuldade de locomoção – menos para crianças, que devem procurar local com vacinação convencional.

Americana vacinou 61.368 pessoas desde o dia 23 de março.

Vacina
A vacina protege contra os vírus da influenza A (H1 N1) e Influenza A (H3 N2) e Influenza B.

Segundo o Ministério da Saúde, mesmo que a vacina não apresente eficácia contra o coronavírus, a imunização é uma forma de auxiliar os profissionais de saúde a descartarem as influenzas na triagem e acelerarem o diagnóstico para a Covid-19. 

Podcast Além da Capa
Solidariedade e apoio aos necessitados marcam a luta contra o novo coronavírus (Covid-19) nas periferias da RPT (Região do Polo Têxtil). O LIBERAL visitou moradores do acampamento Roseli Nunes e da favela Zincão, em Americana, e da ocupação Vila Soma, em Sumaré, e observou como eles se unem para enfrentar as dificuldades provocadas pela pandemia. Nesse episódio, o editor Bruno Moreira recebe o repórter André Rossi, que esteve nas comunidades, para repercutir essa apuração.