Agente briga em casa e termina preso

Durante briga do casal, filho agarrou no braço do pai no momento em que ele ia atirar contra si mesmo e fez com que o disparo acertasse a parede da residência


A discussão entre um agente penitenciário de 42 anos e sua esposa, uma manicure de 40 anos, por pouco não terminou em tragédia na noite de anteontem, na Vila Real, em Hortolândia. Tudo graças à intervenção do filho do casal, um jovem de 18 anos, que agarrou no braço do pai no momento em que ele ia atirar contra si mesmo e fez com que o disparo acertasse a parede da residência onde a família mora. Ninguém ficou ferido.

A Polícia Militar foi acionada e o agente M.A.S., 42, foi levado até o plantão policial, onde acabou autuado em flagrante pelo delegado plantonista Diego Bini, sob a acusação de “disparo de arma de fogo”. No entanto, não precisou ser recolhido na cadeia de Sumaré. Como pagou fiança de R$ 800, o suspeito vai responder ao processo em liberdade.

A confusão aconteceu por volta das 20h15. Segundo relato da manicure S.C.R., ela e o marido tiveram uma discussão e, em um determinado momento, o agente penitenciário sacou seu revólver calibre 38 e apontou contra si próprio. Ao ver a cena, o filho do casal M.L.R.S., 18, agarrou no braço em que o pai empunhava a arma e conseguiu fazer com que o tiro atingisse apenas uma parede do imóvel, sem ferir ninguém.

Quando policiais militares chegaram ao local, o jovem entregou a arma do pai sem nenhuma munição. O revólver foi apreendido pela Polícia Civil para ser periciado. Segundo os PMs que atenderam a ocorrência, o agente estava muito abalado e ao ser questionado sobre o que havia acontecido, não disse nada. Devido ao susto, a mulher foi socorrida por familiares até uma unidade de saúde e, por isso, não acompanhou o registro do flagrante no plantão da Delegacia do município.

O motivo da briga não foi divulgado pela polícia. A reportagem tentou contato com a família do agente penitenciário na manhã de ontem, mas nenhum dos três envolvidos foi encontrado para comentar o assunto.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora