Petrobras recebe casco da P-71 vindo da China sem tripulação


A Petrobras informou nesta terça-feira, 17, que o casco do FPSO P-71 chegou na segunda-feira, 16,ao Espírito Santo vindo da China, para ser integrado aos demais módulos no Estaleiro Jurong Aracruz. O casco foi rebocado sem tripulação a bordo para evitar o contágio do coronavírus. Os navios rebocadores que participaram da operação não tiveram troca da tripulação, que foi monitorada.

“A operação observou todas as recomendações da Organização Mundial de Saúde”, afirmou a Petrobras em nota. A viagem teve início no dia 12 de dezembro de 2019, quando o casco saiu do estaleiro CIMC Raffles, na China, rumo ao Brasil.

A P-71 é a sexta plataforma da série Replicantes projetada para operar no pré-sal, com capacidade de 150 mil barris de petróleo por dia e de compressão de gás de 6 milhões de m?/dia.

No estaleiro, além do término da construção de nove módulos, também serão integrados e comissionados outros 19 módulos ao casco. Estas atividades têm previsão de conclusão no segundo semestre de 2021.

A estatal destacou que a geração de empregos para atendimento às demandas da P-71 é de cerca de 2.000 empregos diretos e 4.000 indiretos, movimentando a cadeia de serviços associados, além de aquecer a economia local.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora