Petrobras estende prazo para cias manifestarem interesse na concessão BM-P-2


A Petrobras informa que, no âmbito do processo de venda de parcela de sua participação na concessão BM-P-2, localizada na Bacia de Pelotas, estendeu até o dia 15 de janeiro o prazo de notificação para as empresas expressarem seu interesse no ativo. Segundo a estatal, não há prejuízo para as empresas que já manifestaram seu interesse.

Em comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a empresa lembra que a operação está alinhada à otimização do portfólio e à melhora de alocação do capital da companhia, visando à geração de valor para os nossos acionistas.

A Concessão BM-P-2 está localizada em águas profundas da Bacia de Pelotas em lâmina d’água entre 1.000 m e 2.000 m, tendo sido adquirida pela Petrobras (100% de participação) em 2004 na 6ª Rodada de Licitações da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). A Total tornou-se parceira com a aquisição de 50% da participação em 2013.

Atualmente, a concessão contempla os blocos exploratórios P-M-1269, P-M-1271, P-M-1351 e PM1353 e está estrategicamente posicionada em relação à 18ª Rodada de licitações da ANP, prevista para 2021, em que deverão ser selecionados blocos da Bacia de Pelotas. Segundo a Petrobras, essa concessão apresenta um reduzido compromisso exploratório com o potencial de comprovar significativos volumes e firmar posição em uma nova fronteira exploratória.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora