16 de julho de 2024 Atualizado 10:01

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Política

Saiba quem vai na cúpula da direita que reunirá Bolsonaro e Milei em SC

Por Agência Estado

03 de julho de 2024, às 20h22

A cúpula de políticos de direita que vai ocorrer em Santa Catarina neste final de semana contará com a participação de aliados do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) no Congresso Nacional e palestrantes internacionais. As presenças ilustres, porém, são a do ex-chefe do Executivo brasileiro e do presidente da Argentina, Javier Milei, que vem ao Brasil pela primeira vez desde que assumiu o poder do país platino e não deve se encontrar com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

O evento é a “versão brasileira” do Conservative Political Action Conference (CPAC), que reúne nomes do conservadorismo dos Estados Unidos em congressos anuais desde 1973. Programado para ocorrer entre o sábado, 6, e o domingo, 7, em Balneário Camboriú, o encontro tem como intuito discutir estratégias eleitorais para a expansão de pensamento conservador no Brasil.

A organização da CPAC Brasil cabe ao Instituto Conservador Liberal (ICL), presidido no Brasil pelo deputado Eduardo Bolsonaro (PL-SP), filho “03” de Jair Bolsonaro. O parlamentar também foi o responsável por realizar a primeira edição da cúpula no País no primeiro ano do governo do ex-chefe do Executivo.

Além de Javier Milei, outros três palestrantes internacionais foram confirmados pela ICL. Um deles é o político chileno José Antonio Kast, que é presidente da legenda de direita radical Partido Republicano. Em 2021, Kast perdeu o segundo turno das eleições presidenciais para o atual chefe do Executivo do Chile, Gabriel Boric.

A segunda participação internacional é a de Gustavo Villatoro, que é ministro da Justiça e Segurança Pública de El Salvador. Ao lado do presidente salvadorenho, Nayib Bukele, Villatoro é um dos responsáveis pela política de prisões em massa que está sendo coordenada por Bukele, que implantou um estado de sítio que vigora desde 2022.

O governo de Bukele reconhece que a medida extrema causou a prisão de inocentes. O próprio ministro Villatoro já declarou que isso é um “custo” para garantir a segurança de El Salvador.

O outro palestrante de fora do País é o ator e cantor mexicano Eduardo Verástegui, conhecido por ser um ferrenho crítico do direito ao aborto.

Aliado do ex-presidente, o governador de Santa Catarina, Jorginho Mello (PL), também vai palestrar na CPAC Brasil. Outro representante do Estado no evento será o prefeito de Balneário Camboriú, Fabrício Oliveira (PL).

O secretário de Segurança Pública de São Paulo, Guilherme Derrite, também vai palestrar durante o encontro de políticos de direita.

Jair Renan deve receber declaração de apoio do pai para as eleições municipais

O filho “04” do ex-presidente Jair Bolsonaro, Jair Renan, deve receber uma declaração de apoio do pai durante a cúpula da direita. Ele é pré-candidato ao cargo de vereador de Balneário Camboriú e foi exonerado na última segunda-feira, 1°, do gabinete do senador Jorge Seif (PL-SC), onde exercia a função de assessor parlamentar.

A ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro também vai para o CPAC Brasil, mas ainda não se sabe se ela vai conduzir uma palestra. Com foco nas eleições deste ano, Michelle está sendo utilizada como cabo eleitoral para alavancar o número de candidaturas femininas pelo PL.

Deputados e senador do PL vão participar de encontro de políticos de direita

O ICL já confirmou a presença de diversos integrantes do “núcleo duro” do bolsonarismo no Congresso Nacional. Da Câmara, vão palestrar os deputados Eduardo Bolsonaro (PL-SP). Ricardo Salles (PL-SP), Zucco (PL-RS), Nikolas Ferreira (PL-MG), Júlia Zanatta (PL-SC), Filipe Barros (PL-PR), Mário Frias (PL-SP), Gustavo Gayer (PL-GO) e Luiz Phillipe de Orléans e Bragança (PL-SP).

Quem também vai discursar no evento é a deputada Caroline de Toni (PL-SC), que é a presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa, o colegiado mais importante da Câmara. No Senado, o nome já anunciado é do senador Magno Malta (PL-ES).

Pré-candidato bolsonarista à Prefeitura de Belo Horizonte

Outro convidado do ICL é o deputado estadual Bruno Engler (PL-MG), que é o pré-candidato do PL à prefeitura de Belo Horizonte. Conforme a última pesquisa do instituto Real Time Big Data na capital mineira, Engler tem 14% das intenções de voto, mas está atrás do também deputado estadual Mauro Tramonte (Republicanos-MG), que tem 23%.

Fechando a lista dos palestrantes já confirmados pela organização do CPAC Brasil estão o deputado estadual de São Paulo Lucas Bove (PL), a deputada estadual de Santa Catarina Ana Campagnolo (PL) e a influenciadora Cíntia Chagas.

Veja os nomes confirmados na CPAC Brasil 2024:

– Jair Bolsonaro, ex-presidente da República;

– Javier Milei, presidente da Argentina;

– Guilherme Derrite, secretário de Segurança Pública de São Paulo;

– Gustavo Villatoro, ministro da Justiça e Segurança Pública de El Salvador;

– Jose Antonio Kast, presidente do Partido Republicano do Chile;

– Jorginho Mello, governador de Santa Catarina;

– Magno Malta, senador (PL-ES);

– Nikolas Ferreira, deputado federal (PL-MG);

– Júlia Zanatta, deputada federal (PL-SC);

– Filipe Barros, deputado federal (PL-PR);

– Mário Frias, deputado federal (PL-SP)

– Eduardo Bolsonaro, deputado federal (PL-SP);

– Caroline de Toni, deputada federal (PL-SC);

– Fabrício Oliveira, prefeito de Balneário Camboriú;

– Ricardo Salles, deputado federal (PL-SP);

– Zucco, deputado federal (PL-RS);

– Gustavo Gayer, deputado federal (PL-GO);

– Luiz Phellipe de Orléans e Bragança, deputado federal (PL-SP);

– Bruno Engler, deputado estadual (PL-MG) e pré-candidato à Prefeitura de Belo Horizonte

– Ana Campagnolo, deputada estadual (PL-SC);

– Lucas Bove, deputado estadual (PL-SP);

– Eduardo Verástegui, ator e cantor mexicano;

– Cíntia Chagas, influencer.

Publicidade