Renan Calheiros: ‘A democracia não comporta comichões autoritárias e retrocesso’


O senador Renan Calheiros (MDB-AL) criticou nesta quinta-feira, 31, a fala do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) em defesa de um “novo AI-5” no caso de radicalização da oposição do governo de seu pai, o presidente Jair Bolsonaro (PSL).

“A democracia não comporta comichões autoritárias, retrocessos e enxovalhamento institucional. Os ataques são inconsequentes, não irrelevantes. A democracia se encarrega de punir abusos”, escreveu o senador em sua conta no Twitter.

Para Renan, “o #AI5 foi a expressão mais aterradora, opressiva e fascista da história. #Ditaduranuncamais”, tuitou.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora