26 de fevereiro de 2021 Atualizado 21:54

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Política

Parlamentares ‘escolheram bons candidatos’ para o Congresso, diz Bolsonaro

Por Agência Estado

02 fev 2021 às 11:03 • Última atualização 03 fev 2021 às 09:05

Após a vitória de seus candidatos na Câmara e no Senado nos pleitos desta segunda-feira (1º), o presidente Jair Bolsonaro, ao ser perguntado por um apoiador na saída do Palácio do Planalto sobre o resultado das eleições, limitou a comentar que “no seu entender”, os parlamentares de ambas as Casas “escolheram bons candidatos”. “Eu fiquei na torcida”, afirmou.

Na segunda-feira, foram eleitos para presidente da Câmara o deputado federal Arthur Lira (PP-AL) e, para a presidência do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), ambos apoiados pelo Planalto. A vitória, no entanto, causou protestos nas redes sociais de parlamentares afirmando que houve compra de votos. Como revelou o Estadão, o governo liberou mais R$ 3 bilhões para 250 deputados e 35 senadores aplicarem em obras em seus redutos eleitorais. O dinheiro saiu do Ministério do Desenvolvimento Regional.

Durante a corrida para a presidência das Casas, Bolsonaro atuou particularmente pela vitória de Lira contra o candidato de Rodrigo Maia (DEM-RJ), Baleia Rossi (MDB-SP). O presidente chegou a cobrar apoio de parlamentares da bancada ruralista a Lira, justificando que o agronegócio “nunca teve um tratamento tão justo e honesto” quanto em seu governo.

Em outro episódio, durante cerimônia organizada para promover a liberação de tráfego da nova ponte sobre o Rio São Francisco, na BR-101, na última quinta feira (28) o presidente chegou a falar que “se Deus quiser, na segunda-feira teremos o segundo homem na linha hierárquica do Brasil eleito aqui no Nordeste pela Câmara dos Deputados. O deputado Arthur Lira. Se Deus quiser, o nosso presidente”, disse.

Na manhã desta segunda-feira, 1, em conversa com apoiadores, o presidente afirmou que tudo ia “dar certo”, em referência à vitória de Lira e Pacheco. Após a votação da presidência da Câmara, Bolsonaro postou nas redes sociais uma foto ao lado de Pacheco e dando aperto de mão em Lira, celebrando a vitória de ambos.

Publicidade