11 de maio de 2021 Atualizado 08:11

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Política

Pacheco: CPI não interferirá na pauta do Senado e na prioridade por reformas

Por Agência Estado

22 abr 2021 às 18:57 • Última atualização 22 abr 2021 às 23:10

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), afirmou que a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19 não vai interferir na pauta de votação do Senado e na prioridade do Congresso às reformas tributária e administrativa. O colegiado, que investigará a conduta do governo federal na pandemia e o repasse de verbas para Estados e municípios, será instalado na próxima terça-feira, 27.

A declaração de Pacheco contraria o argumento de governistas. Aliados do presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmam que a CPI vai comprometer a agenda do Congresso e o enfrentamento do novo coronavírus.

“Eu não terei uma interferência no mérito dela (CPI) e eu acredito muito que o funcionamento dela, autônoma que é, não interferirá na pauta principal do Senado, que são as reformas e os projetos de lei que temos de aprovar”, disse Pacheco durante conversa transmitida com o empresário Abílio Diniz, citando as reformas administrativa e tributária – ainda com entraves para a aprovação – e uma pauta com 14 projetos no plenário na próxima semana, paralelamente à instalação da CPI.

Publicidade