Osmar Terra: Funai pode ficar no ministério da Cidadania ou de Direitos Humanos

O futuro ministro da Cidadania, Osmar Terra, afirmou nesta quarta-feira, 5, que a Fundação Nacional dos Índios (Funai) pode ir…


O futuro ministro da Cidadania, Osmar Terra, afirmou nesta quarta-feira, 5, que a Fundação Nacional dos Índios (Funai) pode ir para o seu ministério ou para a Pasta dos Direitos Humanos, ainda não anunciada pelo presidente eleito Jair Bolsonaro. Terra disse que, se for preciso, a Funai pode ir para sua Pasta, mas que seria melhor ir para um ministério que dê relevância ao tema, já que o seu está com muitos temas relevantes. O ministério da Cidadania vai englobar as estruturas do Desenvolvimento Social, Esportes e Cultura.

“Não tem problema se (a Funai) vier para nosso ministério, estamos preparados. Agora, pelo relevo que tem, acho que tem que ter uma estrutura”, disse o futuro ministro no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), sede do governo de transição. “Acho que tem que ser em um ministério que dê relevância ao tema, o meu já está com muita coisa relevante”, completou.

O impasse sobre quem será o responsável pela Funai ainda não foi resolvido. Mais cedo, o futuro ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, também disse que a estrutura pode permanecer na sua Pasta.

Osmar Terra disse ainda que a parte do ministério do Trabalho que vai para a sua estrutura é a área de Economia Solidária, que trata das cooperativas. No início da semana, o ministro Onyx Lorenzoni confirmou que o ministério do Trabalho será desmembrado e suas estruturas vão ser divididas entre Justiça, Economia e Cidadania.

“Economia Solidária são as cooperativas de pequenos produtores. É uma forma que a população pobre tem para se organizar e ter renda”, disse Terra.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!