Maia enaltece a Constituição e ressalta a necessidade de reformas

Segunda autoridade a se pronunciar durante sessão solene que celebra os 30 anos da Constituição Federal, o presidente da Câmara,…


Segunda autoridade a se pronunciar durante sessão solene que celebra os 30 anos da Constituição Federal, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, pregou o respeito à Carta Magna do País. “Em um contexto de extrema polarização, houve quem pensasse em trocar a Constituição para resolver problemas. Nesses 30 anos, a Constituição se mostrou mais forte do que seus críticos”, declarou Maia nesta terça-feira, 6.

A agenda de reformas estruturais, em especial a Reforma da Previdência, foi lembrada pelo parlamentar. “O fato de não querermos uma nova Constituição não significa negar a necessidade de reformas. É preciso controlar o déficit fiscal, ainda que tenhamos de enfrentar críticas”, afirmou Maia.

Para ele, a medida vai ao encontro da busca por maior igualdade social. “Não é possível combater a desigualdade com baixo crescimento econômico, precisamos aumentar o dinamismo da economia e do setor público”, avaliou.

A busca pelo maior crescimento econômico faz parte do acordo social, disse Maia. “Democracias constitucionais são forjadas a partir do que somos capazes de construir em conjunto. Temos agendas que são prementes e envolvem ajustes. A Câmara tem feito sua parte e fará mais”, declarou, citando pautas na área de segurança pública. “É preciso resposta coordenada à violência”, emendou.

Citando Ulisses Guimarães, ex-presidente da Câmara, Maia afirmou que a sobrevivência da democracia é condicionada à persistência da Constituição Federal. “Há vitórias que precisam ser lembradas, mas há mais a fazer do que lembrar. Que não nos falte força e sabedoria para cumprir nossos desígnios. O melhor tributo que podemos prestar à população é o trabalho incessante”, afirmou o presidente da Câmara.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!