06 de março de 2021 Atualizado 10:55

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Política

Líder da “bancada da bala” desiste de candidatura para apoiar nome de Bolsonaro

Por Agência Estado

30 jan 2021 às 15:55 • Última atualização 30 jan 2021 às 16:53

O deputado Capitão Augusto (PL-SP) anunciou, neste sábado (30), que abriu mão de concorrer à presidência da Câmara, na eleição da próxima segunda-feira (1º), e que vai apoiar o candidato preferido pelo governo, Arthur Lira (Progressistas-AL).

Augusto preside a Frente Parlamentar de Segurança Pública, conhecida como “bancada da bala”, por reunir deputados que defendem bandeiras como ampliação do acesso a armas de fogo e empoderamento das polícias. Ele havia lançado a candidatura ainda no ano passado.

“Percebi que a polarização política na Câmara restringiu o debate e os votos a somente dois candidatos. Ouvi de dezenas de deputados que gostariam de votar em mim, mas teriam que se valer do voto útil contra a esquerda, inviabilizando dessa forma qualquer chance de ir para um segundo turno”, declarou.

Ao longo da semana, Capitão Augusto disse ter sido sondado por emissários do Palácio do Planalto com a leitura de que sua insistência na candidatura retiraria votos de Arthur Lira. Com isso, a permanência do militar na disputa beneficiaria Baleia Rossi (MDB-SP), o candidato com o apoio da oposição.

Até o momento, são candidatos, além de Lira e Baleia: Alexandre Frota (PSDB-SP), André Janones (Avante-MG), General Peternelli (PSL-SP), Luiza Erundina (PSOL-SP) e Marcel Van Hattem (Novo-RS).

Publicidade