22 de julho de 2024 Atualizado 22:14

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Brasil e Mundo

Governador de Santa Catarina organiza jantar com Milei e Bolsonaro

Por Agência Estado

04 de julho de 2024, às 13h51 • Última atualização em 04 de julho de 2024, às 14h14

O governador de Santa Catarina, Jorginho Mello (PL), prepara um jantar com o presidente da Argentina, Javier Milei, e com o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL). Havia a previsão de que a reunião fosse uma agenda pública mas, diante de um entrave logístico, o encontro será feito reservadamente.

Milei e Bolsonaro estarão em Santa Catarina para participar de uma cúpula com líderes políticos de direita, a Conferência da Ação Política Conservadora (CPAC, na sigla em inglês). O evento será realizado neste fim semana em Balneário Camboriú, litoral catarinense.

O encontro entre Jorginho, Bolsonaro e Milei está sendo organizado pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP), filho do ex-presidente, que também vem articulando a realização da CPAC no País.

A conferência contará com parlamentares que integram o “núcleo duro” do bolsonarismo no Congresso. Também está prevista a participação de José Antonio Kast, líder da extrema direita no Chile.

Milei encontrará Bolsonaro durante sua estada no Brasil, mas ainda não houve confirmação, por parte da Casa Rosada, de alguma agenda entre o argentino e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A situação não é usual no mundo diplomático e decorre das recentes declarações públicas pouco amistosas entre Lula e Milei.

Em entrevista, o petista disse que Milei deveria se desculpar por ter dito “muita bobagem” sobre ele e o Brasil durante a campanha eleitoral no ano passado. Em resposta, o presidente da Argentina afirmou que considera Lula “corrupto” e “comunista”.

Publicidade