Goergen: recebi ligação de Bolsonaro, mas não há convite nem definição

O deputado Jeronimo Goergen (PP-RS), um dos cotados para assumir o Ministério da Agricultura no próximo governo, disse ao Broadcast…


O deputado Jeronimo Goergen (PP-RS), um dos cotados para assumir o Ministério da Agricultura no próximo governo, disse ao Broadcast Político, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, que recebeu uma ligação do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) nesta quarta-feira, 31, informando que seu nome foi indicado por um amplo grupo de produtores rurais para chefiar a pasta. O pepista, no entanto, salientou que nenhum convite foi feito ou que não há definição sobre o novo titular do cargo. “Não foi um movimento meu, foi espontâneo. Sigo focado naquilo que fui eleito, que é ser deputado”, desconversou Goergen.

O deputado disse que recebeu uma ligação de Nabhan Garcia, presidente da União Democrática Ruralista (UDR), informando-o sobre a indicação. “Eu disse que pode (indicar). Se eu somo, contem comigo.” A conversa com Bolsonaro teria ocorrido quando Nabhan visitou o presidente no Rio, nesta tarde. “Ele (Bolsonaro) ligou para me dar um abraço. E brincou, dizendo que eu tinha um cabo eleitoral forte”, comentou.

Segundo apurou a reportagem, o nome de Goergen é avaliado juntamente com o do próprio Nabhan e da deputada Tereza Cristina (DEM-MS), presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária – este dois tidos os mais prováveis para assumir o ministério. Xico Graziano, professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV), um dos fundadores do PSDB e ex-chefe de gabinete do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, também figuraria nesta lista.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!