18 de julho de 2024 Atualizado 22:35

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Política

Em debate, candidatos à PGR defendem ‘liberdade de expressão’ a membros do MP

Por Agência Estado

04 de junho de 2019, às 18h16 • Última atualização em 04 de junho de 2019, às 19h42

Os subprocuradores-gerais Mário Luiz Bonsaglia e Luiza Cristina Frischeisen, dois dos dez candidatos à lista tríplice ao cargo de procurador-geral da República, defenderam a liberdade de expressão de membros do Ministério Público em redes sociais. Eles participam de debate organizado pela Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR).

No entanto, enquanto o primeiro pregou cautela, a segunda disse que é preciso se fazer presente, inclusive em meios digitais, no debate com a sociedade. O debate ocorre na tarde desta terça-feira, 4, em São Paulo, onde os dez candidatos se encontram pela terceira vez para discutir os temas. A eleição da lista tríplice vai ocorrer em 18 de junho.

Para Bonsaglia, é necessário que membros do órgão tenham uma “ampla liberdade de expressão nas redes sociais”, mas com limites além dos exigidos à população em geral. “No caso dos membros do MP, o limite adicional que temos de observar é o não envolvimento de questões de cunho político-partidário, de resto, podemos manifestar livremente a nossa opinião, inclusive crítica em relação à atuação de outros órgãos públicos”, ponderou Bonsaglia.

Por sua vez, Frischeisen disse ver que o membro do MP tem o dever de informar à sociedade a razão pela qual uma escolha foi feita em detrimento de outra. “Nós estamos em debate público, seja nas redes sociais ou em entrevistas, e nós temos de fazer presentes”, comentou.

Publicidade