05 de março de 2021 Atualizado 18:59

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Política

Eduardo Bolsonaro aproveita aglomeração em SC, provoca Lula e cobra apoio

Por Agência Estado

14 fev 2021 às 14:12 • Última atualização 14 fev 2021 às 16:15

“Se o Lula vier aqui vai ter esse carinho todo?”, perguntou o filho 03 de Bolsonaro a um grupo de apoiadores que se aglomerou na praia do Forte Marechal Luz, em São Francisco do Sul, para ver o presidente Bolsonaro da manhã deste domingo, 14.

Em tom de jogral, o deputado paulista se valeu de velhos bordões para interagir com o público: “Vocês estão com saudades do BNDES mandando dinheiro para Cuba?”, questionou ouvindo um sonoro “não”.

Na sequência, pergunta: “Criança na escola é para aprender sexo?”, fazendo uma referência ao tema da ideologia de gênero.

O público titubeou quando Eduardo falou sobre o recém publicado “decreto das armas”, que flexibiliza a compra de armas e munição. Os vídeos foram postados na rede social de Eduardo.

Eduardo, a esposa Heloísa e a filha do casal acompanham Bolsonaro, que passa o carnaval no litoral catarinense. Esta é a segunda passagem de Bolsonaro pelo forte em viagem particular. No mês de dezembro, acompanhando de Carlos Bolsonaro, o presidente promoveu diversos episódios de aglomeração em frente ao Forte.

As cenas gravadas por Eduardo neste domingo ocorreram no retorno de uma pescaria. Como o forte onde estão hospedados tem acesso direto para o mar, a presença do presidente alterou a rotina da praia. O acesso ao mar é controlado por seguranças e todos precisam passar por revistas.

Apesar de não se tratar de viagem oficial, um local foi reservado para a imprensa, que é orientada a não circular fora deste espaço.

Com a chegada do presidente na praia, moradores se deslocaram para lá e mais uma vez provocaram aglomeração. A maioria dos apoiadores não usa máscara, assim como o presidente e a família.

Publicidade