É uma pena que Goldman se foi, ele tinha muito ainda o que fazer, diz Serra


O senador tucano José Serra lamentou nesta segunda-feira, 2, a morte do ex-governador de São Paulo Alberto Goldman e disse que o ex-colega de partido “tinha muito ainda o que fazer”. “É uma pena que o Goldman se foi”, disse emocionado o senador.

Para o PSDB, de acordo com Serra, Goldman deixa o legado da honestidade, um trabalho sério e de tranquilidade nas decisões políticas e de amplitude no sentido de procurar agregar o máximo os membros da política e da população aos temas do desenvolvimento econômico do País.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora