‘É natural que Doria seja candidato à presidência’, diz Cauê Macris

Macris também defendeu que o PSDB apoie projetos do governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro, mas sem o chamado "toma lá, dá cá"


Foto: João Carlos Nascimento - O Liberal
Macris também defendeu que o PSDB apoie projetos do governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro, mas sem o chamado “toma lá, dá cá

No dia em que João Doria (PSDB) toma posse como governador de São Paulo, o presidente da Assembleia Legislativa do Estado, Cauê Macris (PSDB), defendeu uma futura candidatura do tucano à Presidência da República. Para o aliado de Doria, a capacidade do novo governador de ir para uma disputa presidencial vai depender de suas ações nas áreas de Segurança Pública e Educação à frente da gestão estadual.

“Com resultados vindo, é natural que ele seja o nosso candidato. É natural essa atuação”, disse Macris, ao chegar para a cerimônia de posse no Palácio 9 de Julho. Ele afirmou ser necessário um combate “mais duro” na segurança e a busca por melhores índices educacionais por parte da administração tucana.

Macris também defendeu que o PSDB apoie projetos do governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro, mas sem o chamado “toma lá, dá cá” na relação do Congresso com o Executivo.

“O que for bom para o País e as ações que forem boas por parte do governo Bolsonaro precisam ser apoiadas, sem troca de cargos, sem toma lá dá cá. A sociedade mostrou que precisamos mudar muito a forma de atuação política.”

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!