Doria e Major Olimpio discutem e falam em ‘desrespeito’


O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e o senador Major Olimpio (PSL-SP) se envolveram em uma discussão nesta segunda, 16, durante visita do tucano ao Departamento de Operações Policiais Estratégicas (Dope), na Barra Funda, zona oeste da capital paulista. Os dois trocaram palavras ríspidas e Olimpio foi retirado do local por seguranças.

A agenda oficial do governador informa que ele esteve em visita ao Dope com o diretor do departamento, delegado Nico Gonçalves, e com o secretário da Segurança Pública, General João Campos. O evento ocorreu das 10h às 11h da manhã.

Major Olimpio, por sua vez, afirmou que foi chamado ao local por policiais civis. “João Doria escalou policiais do Dope para estarem desde as 7h para fazer imagens com ele”, disse. “Os policiais me acionaram, eu fui para a frente do Dope.”

Em um dos vídeos divulgados pelo senador, é possível ver o momento em que Olimpio se encontra com Doria, já dentro do Dope. “Vai trabalhar!”, diz Doria, ao que Olimpio responde: “Você não tem respeito!”

Por meio de nota, o Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo (SINDPESP) afirmou que o senador “foi agredido por ecoar os anseios de todos os policiais civis do Estado de São Paulo.”

Também por meio de nota, Doria afirmou que “é um desrespeito ao povo de São Paulo um senador da República que vira as costas para o grave tema da saúde pública. E quer fazer campanha política, ideológica e sindical na hora errada.” As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora