24 de julho de 2024 Atualizado 20:58

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Brasil e Mundo

Dirceu diz não ver erro de articulação e defende que Lula faça comunicado em rádio e TV

Por Agência Estado

08 de julho de 2024, às 09h17

O ex-ministro da Casa Civil José Dirceu disse, em entrevista ao Canal Livre, da TV Bandeirantes, divulgada neste domingo, 7, que não vê um erro de articulação por parte do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“Não vejo erro de articulação, porque formar maioria em uma Câmara como essa levou que PP e PRB (atual Republicanos) passassem a ser base do governo”, disse Dirceu.

O ex-ministro da Casa Civil do primeiro governo Lula disse que muitas legendas passaram a se assumir como de direita e com valores conservadores.

“Qualquer tema hoje, seja de educação, saúde, política cambial, tributária, os partidos têm posição”, afirmou, apoiando, ainda, a discussão de uma reforma política no Brasil.

Dirceu defendeu que Lula utilize da comunicação por meio de comunicados pela cadeia de rádio e TV para falar diretamente com a população.

“Acho que o presidente precisava convocar uma cadeia de rádio e TV e explicar o que está acontecendo no País, que estamos nessa encruzilhada histórica. Se eu conheço o presidente, ele vai fazê-lo. Passamos 15 dias discutindo com o presidente do BC, o que no fundo era discussão sobre juros e que acabou personificada na pessoa do presidente do BC. E aí se faz um ajuste (no Orçamento de 2025) de R$ 27,5 bilhões (o anunciado por Fernando Haddad foi, na verdade, de R$ 25,9 bilhões no Orçamento de 2025). É preciso explicar para a população”, disse o ex-ministro.

Publicidade