20 de julho de 2024 Atualizado 09:00

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Política

Deputada federal Luiza Erundina recebe alta depois de internação por mal-estar

Aos 89 anos, ela foi internada depois de se sentir mal durante uma sessão da Comissão de Direitos Humanos

Por Agência Estado

08 de junho de 2024, às 16h53 • Última atualização em 08 de junho de 2024, às 17h12

A deputada federal Luiza Erundina (PSOL-SP) recebeu alta neste sábado, 8, e deixou o hospital Sírio Libanês, em Brasília. Ela foi internada na última quarta-feira, 5, depois de se sentir mal durante uma sessão da Comissão de Direitos Humanos, na Câmara dos Deputados.

“A deputada Erundina recebeu alta no começo desta tarde, do Hospital Sírio Libanês. Luiza Erundina já está no hotel, onde fica hospedada, em Brasília. Assim que possível, daremos mais informações”, registrou a equipe de comunicação da parlamentar nas redes sociais.

Deputada Luiza Erundina – Foto: José Cruz / ABr

A parlamentar discursava sobre uma matéria a qual ela era relatora no colegiado, até que sentiu falta de ar e precisou ser retirada da sala. A sessão foi então suspensa.

Erundina foi encaminhada para Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e passou por exames. De acordo com seus assessores, os exames mostraram resultados normais e, na sexta-feira, 7, a ex-prefeita de São Paulo foi para o quarto, onde recebeu a visita de do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, da primeira-dama Janja e de Alexandre Padilha. Em uma postagem nas redes sociais, Lula disse que a visita foi para expressar “solidariedade e carinho” e desejou uma boa recuperação à deputada.

A deputada Erundina tem 89 anos e, em novembro próximo, completará 90 anos. Ela nasceu em Uiraúna, na Paraíba, e transferiu-se para São Paulo no começo da década de 1970.

Na capital paulista, foi vereadora na década de 1980 e deputada estadual. Em 1988, elegeu-se a primeira prefeita de São Paulo pelo PT. Na ocasião, ela derrotou outros 13 candidatos em turno único. O segundo colocado foi Paulo Maluf (36,78% contra 30,14%).

Publicidade