15 de julho de 2024 Atualizado 23:10

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Política

Datafolha: em SP, Nunes tem 24% e Boulos, 23%

Por Agência Estado

05 de julho de 2024, às 17h38

Pesquisa Datafolha para a Prefeitura de São Paulo (SP) divulgada nesta sexta-feira, 5, aponta que o deputado federal Guilherme Boulos (PSOL) e Ricardo Nunes (MDB), prefeito da capital, lideram o principal cenário estimulado do levantamento, com a presença de todos os pré-candidatos. Nunes tem 24% e Boulos, 23%. Apesar da vantagem numérica de Nunes, eles estão em empate técnico, dentro da margem de erro da pesquisa.

No principal cenário estimulado, o apresentador de TV José Luiz Datena (PSDB) figura com 11%, e o empresário Pablo Marçal, do PRTB, aparece com 10%. Esta é a segunda pesquisa do Datafolha a incluir os nomes do ex-coach e do jornalista como opções de intenção de voto.

A deputada federal Tabata Amaral (PSB) figura com 7%. A economista Marina Helena, do Novo, registrou 5% de menções. Colega de Câmara de Tabata Kim Kataguiri, do União Brasil, tem 3%.

Altino (PSTU), João Pimenta (PCO), Ricardo Senese (UP) e Fernando Fantauzzi (DC) tem 1% cada. Votos brancos ou nulos foram 10%. Não sabem ou não souberam responder 3% dos entrevistados.

O Datafolha ouviu 1092 eleitores paulistanos dos dias 2 a 4 de julho. A margem de erro é de 3 pontos porcentuais e o índice de confiança é de 95%. O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número SP-01178/2024.

Na modalidade estimulada, as opções de pré-candidatos são apresentadas ao entrevistado pelo agente da pesquisa. Como os pré-candidatos ainda precisam obter um aval das siglas nas convenções partidárias, que terão início a partir do dia 20 deste mês, ainda não se sabe quais nomes, de fato, estarão na campanha eleitoral, que começa em agosto.

Por isso, o Datafolha testou um segundo cenário estimulado, sem os nomes de José Luiz Datena e de Kim Kataguiri. os índices de intenção de voto se reconfiguram. Neste caso, Nunes tem 26%, Boulos, 25% e Marçal vai a 12%.

Também há a pesquisa espontânea, na qual não há sugestão de nomes dos pré-candidatos na disputa e o entrevistado dita a intenção de voto por conta própria. Nesta modalidade, quem lidera é Guilherme Boulos, com 14%, seguido por Ricardo Nunes, com 8%. Nas respostas espontâneas, 55% dos entrevistados diz que ainda não sabe em quem votar.

Há 3% de entrevistados que afirma que irá votar “no atual” mandatário, sem citar o nome de Nunes. Também há 1% de respostas que indicam o voto em uma candidatura do PT, por mais que não haja um petista na disputa, pois Marta Suplicy (PT) será a vice de Guilherme Boulos.

Publicidade