CGU declara Techint Engenharia inidônea por esquema contra Petrobras


A Controladoria-Geral da União (CGU) declarou como inidônea para licitar e contratar com a administração pública a empresa Techint Engenharia e Construções “por ter atuado em defesa de interesses escusos e particulares, de forma concertada e ardilosa, frustrando, direcionando e fraudando certames licitatórios direcionados na Petrobras em conluio com outras empresas”.

A decisão, assinada pelo ministro Wagner Rosario, está formalizada no Diário Oficial da União (DOU) e encerra Processo Administrativo de Responsabilização (PAR) instaurado contra a empresa em virtude das investigações da Operação Lava Jato.

Até o fechamento deste texto, a reportagem não havia obtido o posicionamento dos citados.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora