Bolsonaro volta a alfinetar Witzel pelas medidas contra coronavírus


O presidente Jair Bolsonaro voltou a alfinetar o governo do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, pelas medidas estabelecidas em combate à pandemia do novo coronavírus no Estado. “Lamentavelmente, tem um governo de Estado que só faltou decretar independência do mesmo”.

Nessa quinta-feira, 19, Witzel proibiu, por quinze dias, o transporte de passageiros, por terra e ar, entre o Rio de Janeiro e outros Estados brasileiros. Também restringiu realização de eventos e abertura de pontos turísticos.

“Tem alguns falando em liberar pedágio, energia e cria expectativas. O governo federal e estadual não têm condições de bancar isso. Essas falsas expectativas não podem vir no bojo de uma campanha política”, disse.

O assunto e medidas devem ser discutidas em reuniões nos próximos dias. Bolsonaro disse que colocará, cada vez mais, freios nessas ações. “A gente vai colocando eles na linha da racionalidade.”

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora