Bolsonaro: PGR não pode focar apenas em corrupção


O presidente Jair Bolsonaro (PSL) disse nesta sexta-feira, 6, que um procurador-geral da República “não pode focar só na corrupção”. “É questão ambiental, direitos humanos, minorias. Tem a ver indiretamente com a economia. Essa é a intenção”, disse.

A declaração de Bolsonaro foi resposta a pergunta de um apoiador que o esperava na entrada do Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência. Ele havia questionado se o nome indicado ao cargo, Augusto Aras, iria trabalhar “contra a corrupção”.

Antes, Bolsonaro havia dito que a quinta-feira, 5, “foi um dia difícil”. “Fizemos os vetos da Lei de Abuso. (No) Ministério Público, alguns extrapolam ainda. Não podem agir dessa maneira. Ontem escolhi novo PGR, uma escolha difícil. É uma pessoa que tem o grau de importância muito parecido com do presidente”, disse.

Ao grupo de apoiadores, Bolsonaro também disse que “reconhece” a sua “incompetência em alguns momentos”. “Reconheço as minhas limitações, a minha fragilidade, a minha incompetência em alguns momentos. Mas vou continuar me empenhando para fazer o melhor todo dia”, disse.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora