Bolsonaro passará por cirurgia de correção de hérnia incisional

Presidente será submetido a uma nova cirurgia para corrigir uma hérnia incisional que surgiu no local onde ele foi atingido por facada no ano passado


O presidente Jair Bolsonaro será submetido a uma nova cirurgia para corrigir uma hérnia incisional que surgiu no local onde ele foi atingido por uma facada, há quase um ano.

O médico da Presidência da República, Ricardo Peixoto Camarinha diz, em nota distribuída pela assessoria de imprensa do Palácio do Planalto, que a hérnia surgiu “em decorrência das intervenções cirúrgicas previamente realizadas”.

Foto: Alan Santos - PR
Presidente apresentou problema no local onde foi atingido por facada no ano passado, segundo médicos

Bolsonaro já foi submetido a três procedimentos cirúrgicos desde que foi esfaqueado, em 6 de setembro de 2018, durante a campanha eleitoral.

A nota não traz detalhes sobre a data da nova operação. O presidente passou por avaliação médica hoje em São Paulo.

Mais cedo, o presidente postou em seu Twitter e no Facebook uma foto ao lado dos médicos Antônio Luiz Macedo e Leandro Echenique.

“Agora em São Paulo com os Drs. Macedo e Leandro. Pelo que tudo indica ‘curtirei’ uns 10 dias de férias com eles brevemente. Bom dia a todos”, diz a mensagem.

Um dos filhos do presidente, o vereador do Rio Carlos Bolsonaro, respondeu no Twitter: “Tudo vai dar certo! Estarei junto!”.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora