Bolsonaro diz que vai passar por uma nova cirurgia: ‘deve ser a última’

Desde que foi vítima de uma facada durante a campanha eleitoral de 2018, Bolsonaro foi submetido a quatro cirurgias


Foto: Reprodução - Twitter
Presidente disse ainda que tem suspeitas sobre as eventuais motivações de Adélio Bispo

O presidente Jair Bolsonaro afirmou neste domingo, 8, que passará por uma nova cirurgia. A declaração foi dada em entrevista ao humorista Márvio Lúcio, conhecido como Carioca, durante o programa Domingo Espetacular, da TV Record. “Vai ter mais uma cirurgia, deve ser a última”, afirmou o presidente, sem dar mais detalhes.

Desde que foi vítima de uma facada durante a campanha eleitoral de 2018, Bolsonaro foi submetido a quatro cirurgias. A última delas foi uma operação de correção de hérnia incisional, em setembro do ano passado.

Durante a entrevista, o presidente disse ainda que tem suspeitas sobre as eventuais motivações de Adélio Bispo, o homem que o esfaqueou. “Suspeita a gente tem, mas seria leviano falar. Ele foi filiado do PSOL, conseguiu contratar três advogados renomados. Não foi algo que veio da cabeça dele (a facada).”

Imprensa

Bolsonaro voltou a falar que é alvo de críticas da imprensa porque o seu governo cortou o orçamento em publicidade. “Se gastava mais de R$ 1 bilhão por ano. A imprensa tem seu valor, mas era um gasto exagerado e reduzimos para aproximadamente 10% e eles não gostaram. Eu não leio jornais para não me envenenar”, disse.

Armas

O humorista ainda questionou o presidente sobre uma de suas promessas de campanha, no sentido de flexibilizar o porte e posse de armas. “Esse é um compromisso de campanha, mas depende do Parlamento. Um dia o Parlamento vai entender que as armas são importantes”, respondeu o presidente.

Na semana passada, Carioca substituiu o Bolsonaro durante questionamentos de jornalistas sobre o resultado fraco do Produto Interno Bruto (PIB).

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora