08 de julho de 2020 Atualizado 21:46

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Política

Bolsonaro diz que usou nome codificado para fazer testes de covid-19

Ele argumentou adotar a prática há anos, inclusive para encomendar remédios de manipulação, com o objetivo de evitar contaminações

Por Agência Estado

27 mar 2020 às 17:19 • Última atualização 27 mar 2020 às 18:00

Foto: Isac Nóbrega - PR
Presidente voltou a afirmar que os dois exames que fez deram negativo

Resistente em divulgar os exames que fez para o novo coronavírus, o presidente da República, Jair Bolsonaro, disse que usou um nome codificado para realizar os testes e, por isso, o resultado poderia ser contestado. Ele argumentou adotar a prática há anos, inclusive para encomendar remédios de manipulação, com o objetivo de evitar contaminações. “Fiz dois exames (para covid-19), ambos deram negativo”, afirmou em entrevista ao Programa Brasil Urgente, ancorado pelo jornalista José Luiz Datena.

Bolsonaro realizou exames no Hospital das Forças Armadas, em Brasília, que mantém em sigilo nomes de pacientes que fizeram o teste no local.

O governador Ronaldo Caiado (DEM-GO) afirmou nesta semana que se trata de uma obrigação do presidente apresentar seu exame à sociedade. “Lógico, todos nós, como homens públicos, temos de apresentar os resultados. Isso é uma obrigação como gestor público”, disse ele.