Autoridades recebem máscaras ao chegar no Alvorada para encontros com Bolsonaro


Ainda sendo monitorado sob suspeita de infecção pelo coronavírus, o presidente Jair Bolsonaro tem recebido visitas no Palácio da Alvorada nesta sexta-feira (13). O procedimento é o mesmo desde a tarde de quinta-feira: todos que chegam para entrar na residência oficial recebem uma máscara cirúrgica.

O uso dessas máscaras é recomendado para indivíduos que já estão doentes, que as utilizam para evitar transmitir infecções para outras pessoas. A máscara é mesma usada por Bolsonaro na tradicional live de quinta-feira. Para evitar o contágio, recomenda-se o uso da máscara N95, o tipo usado pelo ministro da Saúde, Henrique Mandetta, enquanto acompanhava Bolsonaro na transmissão ao vivo.

Hoje logo cedo, o presidente recebeu a visita do secretário especial para Assuntos Fundiários, Nabhan Garcia. Ele chegou ao Palácio por volta das 7h40 e permaneceu por cerca de uma hora. Pouco depois das 10h, chegaram ao Alvorada, o ministro Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria de Governo, e depois Sérgio Camargo, presidente da Fundação Cultural Palmares.

Ramos saiu às 11h, sem máscara, e seguiu para o Planalto, onde a cúpula de ministérios realiza reunião sobre as medidas em relação ao coronavírus. Já Camargo ainda estava reunido com Bolsonaro por volta das 11h50. O chefe do Executivo aguarda resultado dos seus exames para a presença ou não do covid-19.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora