13 de julho de 2024 Atualizado 21:56

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Política

Empresário de Santa Bárbara é acusado de agredir filho de Alexandre de Moraes

PF identificou um dos agressores como sendo Roberto Mantovani Filho, empresário e ex-presidente do União

Por Reginaldo Gonçalves

15 de julho de 2023, às 15h10 • Última atualização em 16 de julho de 2023, às 09h12

O empresário Roberto Mantovani Filho, de Santa Bárbara, é acusado de ter agredido o filho de Alexandre de Moraes, ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), no aeroporto internacional de Roma, no início da noite de sexta-feira, e ainda ter hostilizado o próprio ministro. Ele passa a ser investigado pela (PF) Polícia Federal. Outras duas pessoas foram identificadas como Andréia, que teria xingado o ministro de “bandido, comunista e comprado”, e o empresário Alex Zanatta Bignotto. Ele também é de Santa Bárbara e se juntou aos dois agressores. Andréia é a esposa de Mantovani e Alex o seu genro. As informações foram confirmadas por interlocutores da PF e do Ministério da Justiça

O magistrado foi atacado pelos três brasileiros por volta das 18h45 no horário local. Alexandre de Moraes foi à Itália para uma palestra em fórum jurídico e estava acompanhado de seus familiares no aeroporto. O ministro retornava da Universidade de Siena, onde realizou uma palestra no Fórum Internacional de Direito.

Apesar de ser apontado como a pessoa que agrediu o filho do ministro do STF, Mantovani disse considerar que o ocorrido “não foi nada extraordinário”. Ele não quis comentar especificamente sobre o episódio da agressão sob o argumento de que prefere aguardar as autoridades o acusarem dos possíveis crimes que possa ter cometido.

“Na minha opinião não foi nada de tão extraordinário. Não gostaria de comentar nada para evitar, sabe, ódio, um revanchismo. Não gostaria disso nesse momento. Não gostaria de fazer nenhum comentário até que possa saber aquilo que eles possam dizer que eu fiz”, disse Roberto Mantovani Filho.

Moraes estava acompanhado de seus familiares no aeroporto. O ministro retornava da Universidade de Siena, onde realizou uma palestra no Fórum Internacional de Direito.

“Eu só vi o ministro. Ele estava para entrar numa sala VIP. Eu passei por ali. Houve ali uma pequena confusão de alguns brasileiros, alguns foram embora e quem pagou o pato fomos nós, mas tudo bem, a gente tem que aguardar”, completou.

Mantovani é empresário de Santa Bárbara, pai de três filhos e nasceu em Socorro. Ele é proprietário de empresa de bombas helicoidais e acessórios para usinas industriais.

Chegou a disputar eleição para prefeito em 2000 e foi presidente do União Barbarense. Mantovani se destacou como dirigente esportivo, quando ganhou o título da principal divisão de acesso do Campeonato Paulista em 1999. (Com informações do Estadão Conteúdo)

Publicidade