19 de julho de 2024 Atualizado 11:44

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Mundo

Zelensky: não podemos tornar invasão da Rússia em uma situação normal

Por Agência Estado

11 de julho de 2024, às 17h42

O presidente da Ucrânia, Volodimir Zelensky, afirmou que a invasão da Rússia ao seu país não pode ser considerada “uma situação normal” e precisa ser combatida pelo seu exército, com o apoio de equipamentos e armamentos de aliados da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan). A entidade prometeu conceder um plano de ajuda à Ucrânia de 40 bilhões de euros nos próximos 12 meses.

“O novo pacote de ajuda da Otan será importante para conter o apetite de Putin para agressão”, destacou Zelensky, referindo-se ao presidente da Rússia, Vladimir Putin. “A Ucrânia não estará na Otan antes do fim da guerra, mas vamos vencê-la.”

Segundo Volodimir Zelensky, para a Ucrânia vencer a guerra, é preciso superar limitações que existem hoje e que não permitem a defesa efetiva de seus cidadãos. “Se uma base militar russa ataca hospital na Ucrânia e mata crianças porque não podemos atacar aquela base?”, questionou. “Se queremos ter Ucrânia no mapa precisamos adotar passos rápidos.” Ele fez os comentários ao lado do secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, em Washington.

Publicidade