21 de junho de 2021 Atualizado 09:37

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Mundo

UE/Parlamento: direitos humanos devem estar no cerne das relações com a Turquia

Por Agência Estado

26 abr 2021 às 11:19 • Última atualização 26 abr 2021 às 11:36

O Parlamento Europeu criticou a Turquia nesta segunda-feira, em momento de tensões entre a União Europeia (UE) e o país. “Os direitos humanos devem estar no cerne das relações com a Turquia”, enfatizou uma porta-voz do Legislativo da UE, durante entrevista coletiva.

Foi mencionado na coletiva o episódio conhecido como “sofagate”, quando, durante uma visita a Istambul, a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, ficou de pé num encontro entre autoridades europeias e o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan. O próprio Erdogan e o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, tinham cadeiras para se sentar, enquanto Von der Leyen ficou de pé num primeiro momento e teve de ficar em um sofá mais distante. Na coletiva, a porta-voz da UE falou sobre a importância da igualdade de gênero. “O que ocorreu foi lamentável”, criticou.

O Parlamento Europeu também informou que discute a possibilidade de adoção de certificados de imunidade contra a covid-19. O Legislativo europeu afirma querer equalizar essa questão, almejando um certificado do tipo unificado entre os países, “sem exceções”.

Além disso, foi citada na entrevista coletiva também a divergência entre a UE e o Reino Unido. Após a saída do país do bloco, há tensões sobre o cumprimento do que foi combinado entre as partes e a UE ameaça adotar medidas contra os britânicos, caso o acordo não seja respeitado.

Publicidade