Turquia diz que combatentes curdos estão se retirando do nordeste da Síria


Combatentes curdos estão se retirando do nordeste da Síria, sendo que ao menos 125 veículos transportando militantes já deixaram a região, segundo informaram militares da Turquia nesta segunda-feira.

Em comunicado, militares turcos disseram ainda que houve 36 incidentes de violação armada desde que Turquia e Estados Unidos negociaram um cessar-fogo de cinco dias para que guerrilheiros curdos saiam do nordeste sírio.

A Turquia promete retomar sua ofensiva militar se os combatentes não deixarem a região até a noite de amanhã, quando a trégua chegará ao fim.

O governo dos EUA negociou o acordo após sofrer pesadas críticas, internas e de fora, de que Washington havia aberto o caminho para a invasão turca ao abruptamente remover a maioria de seus soldados do nordeste da Síria.

O Secretário da Defesa dos EUA, Mark Esper, disse hoje que está discutindo a possibilidade de deixar um pequeno grupo de militares na região síria para garantir a segurança de poços de petróleo e dar continuidade à batalha contra forças do Estado Islâmico. Segundo Esper, a ideia ainda não foi apresentada ao presidente americano, Donald Trump. Fonte: Associated Press.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora