Tsunami na Indonésia deixa centenas de mortos e ao menos 700 feridos

Tsunami pode ter sido causado por deslizamentos de terra submarinos ou acima do nível d'água após a erupção do vulcão Anak Krakatau


Um tsunami que ocorreu após a erupção de um vulcão matou mais de 160 pessoas em torno do Estreito de Sunda, na Indonésia, durante um movimentado fim de semana, jogando água para cima da costa e varrendo hotéis, centenas de casas e a plateia de uma apresentação musical na praia.

Foto: Ministério de Assuntos Sociais da Indonésia
Tsunami atingiu o Estreito de Sunda, na Indonésia

Mais de 700 pessoas ficaram feridas pela onda gigantesca que chegou ao continente às 21h27 de sábado pelo horário local (12h27 pelo horário de Brasília), de acordo com a Agência de Controle de Desastres. Ao menos outras 30 estava desaparecidas, mas, como algumas áreas da região ainda não foram alcançadas, a contagem de mortes pode continuar aumentando.

Cientistas da agência de Geofísica e Meteorologia da Indonésia disseram que o tsunami pode ter sido causado por deslizamentos de terra submarinos ou acima do nível d’água sobre a encosta do vulcão Anak Krakatau após a sua erupção.

Imagens dramáticas publicadas em redes sociais mostram o momento durante a apresentação de uma banda pop indonésia chamada Seventeen sob uma tenda em uma praia popular para funcionários de uma companhia estatal de energia elétrica quando o palco é subitamente arremessado, junto com os membros do grupo e os seus equipamentos, para cima da plateia.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!