Trump defende Rudolph Giuliani, envolvido em investigação sobre Ucrânia


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, usou o Twitter neste sábado para defender o advogado pessoal dele, Rudolph Giuliani, que está sendo investigado por pressionar o governo da Ucrânia a investigar o pré-candidato democrata Joe Biden e o filho dele, Hunter Biden.

“Então, agora eles estão atrás do lendário ‘caçador de crimes’ e do maior prefeito da história de Nova York, Rudy Giuliani”, escreveu Trump. “Ele pode parecer um pouco áspero às vezes, mas também é um cara legal e um advogado maravilhoso.”

Giuliani foi o principal nome da defesa de Trump durante a longa investigação sobre a interferência de hackers da Rússia a favor dele na campanha presidencial de 2016.

Agora, o ex-prefeito e ex-promotor federal está sendo investigado no âmbito do caso que levou à abertura do inquérito de impeachment contra Trump.

O New York Times informou na sexta-feira, citando duas fontes familiarizadas com o assunto, que a investigação está ligada aos esforços de Giuliani para afastar Marie Yovanovitch do cargo de embaixadora na Ucrânia.

Yovanovitch disse em audiência na Câmara dos Representantes ontem que Trump pressionou pessoalmente o Departamento de Estado para destituí-la da função no país europeu. Em depoimento, ela afirmou que foi demitida do cargo depois de insistir para que Giuliani enviasse por canais oficiais os pedidos de investigação a Biden que fez a funcionários do governo ucraniano.

Giuliani é relacionado ainda com a prisão de dois empresários, acusados de violarem a lei de financiamento de campanhas.

O ex-prefeito de Nova York nega as acusações.

Fonte: Associated Press.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora