Suspeito de ataque a facadas em Manchester foi detido sob a lei de saúde mental

A polícia do Reino Unido afirmou nesta quarta-feira, 2, que o único suspeito responsável pelo ataque a facadas em Manchester,…


A polícia do Reino Unido afirmou nesta quarta-feira, 2, que o único suspeito responsável pelo ataque a facadas em Manchester, Inglaterra, na véspera de ano-novo foi detido sob a lei de saúde mental britânica. O ataque, tratado pelas autoridades como terrorista, aconteceu na estação de trem Victoria e deixou três pessoas feridas na segunda-feira 31.

Manchester

Declaração da polícia de Manchester afirma que um homem de 25 anos preso no local foi avaliado por uma equipe médica antes que a decisão fosse anunciada. O suspeito não foi identificado e a polícia não explicou o motivo do ataque. A casa dele foi vasculhada em busca de evidências. Autoridades dizem que o suspeito agiu sozinho, sem uma rede de contatos.

Ele foi acusado de esfaquear três pessoas, incluindo um sargento da polícia britânica de transportes, na estação de trem enquanto gritava slogans islâmicos. A prisão foi feita sob a acusação de tentativa de homicídio, mas é possível que ele seja considerado mentalmente incapacitado para ser culpado pelos esfaqueamentos.

Duas das vítimas (um homem e uma mulher) ainda estão no hospital com ferimentos graves, mas não correm risco de vida, segundo as autoridades. O sargento da polícia, esfaqueado no ombro, recebeu alta.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!