17 de janeiro de 2021 Atualizado 16:08

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Mundo

Suíça aprova vacina da Moderna; Japão tem prefeituras em estado de emergência

Por Agência Estado

12 jan 2021 às 11:15 • Última atualização 12 jan 2021 às 13:26

A Suíça aprovou nesta terça-feira a vacina da Moderna, o segundo imunizante autorizado no país, e abriu caminho para a obtenção de até 1,5 milhão de doses da empresa até fevereiro. A decisão do regulador suíço de medicamentos, o Swissmedic, vem dias depois de a Agência Europeia de Medicamentos (EMA) dar sinal verde para a vacina.

No Japão, o primeiro-ministro japonês, Yoshihide Suga, afirmou nesta terça que as prefeituras de Osaka, Hyogo e Kyoto irão declarar estado de emergência nesta quarta-feira, 13, diante do aumento dos casos de infecção pelo vírus. A medida, que foi solicitada pelos prefeitos no sábado, 9, veio logo após o decreto de estado de emergência em Tóquio e mais três cidades próximas. Todas as sete áreas estarão sob bloqueio até 7 de fevereiro.

O estado de emergência ainda pode ser expandido para outras partes do Japão. Hoje, as prefeituras de Aichi, que inclui Nagoya, e de Gifu pediram ao governo que declarasse estado de emergência. O ministro da Economia, Yasutoshi Nishimura, disse que o governo tomará uma decisão após consultar especialistas.

China

Na tendência de novos decretos, autoridades locais em regiões próximas a Pequim, na China, também implementaram novas restrições às populações. A cidade de Langfang, localizada ao sul da capital, disse aos moradores para ficarem em casa pelos próximos sete dias. Além disso, duas regiões da província de Heilongjiang, no extremo norte do país, também anunciaram bloqueios hoje.

Reino Unido

Diante da corrida contra a covid-19 em 2020, o Reino Unido registrou, no ano passado, o maior aumento anual de mortes desde a Segunda Guerra Mundial, segundo números divulgados nesta terça-feira pelo Office for National Statistics (ONS). De acordo com a universidade norte-americana Johns Hopkins, o Reino Unido soma 82 mil mortes e 3 milhões de infecções.

Malásia

Na quebra de recordes, relatórios da Malásia registram, hoje, o maior número de casos de covid-19 em 24 horas no país desde o início da pandemia, com 3.309 infecções. O aumento de contaminações ocorre menos de uma semana depois que a Malásia marcou o maior registro de casos diários anterior, em 7 de janeiro, com 3.027 confirmações. O país passa pela terceira onda da pandemia e vem relatando aumentos diários no número de infecções no último mês. (Com agências internacionais).

Publicidade