Rússia conduziu teste irregular, diz Pentágono


Agência de inteligência militar do Pentágono acusou publicamente a Rússia de conduzir testes nucleares irregulares, com ganhos de tecnologia proibidos nos acordos assinados entre Moscou e Washington. Isso levaria, na prática, à criação de armas atômicas mais potentes.

A chancelaria russa considerou a acusação uma “provocação”. A agência de inteligência americana não deu detalhes sobre os supostos testes da Rússia ou divulgou qualquer evidência que respalde a acusação. (Com agências internacionais)

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora