28 de outubro de 2020 Atualizado 09:04

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Mundo

Presidente do Irã critica sanções e desqualifica acusações sobre armas nucleares

Por Agência Estado

22 set 2020 às 15:14 • Última atualização 22 set 2020 às 17:23

Em discurso na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) nesta terça-feira, 22, o presidente do Irã, Hassan Rouhani, criticou as sanções impostas sobre seu país e afirmou que as acusações de posse de armas nucleares “não têm fundamento”. “As sanções violam acordos das Nações Unidas”, afirmou. “É muito difícil viver com as restrições”, acrescentou.

Rouhani aproveitou seu discurso para ampliar críticas contra os Estados Unidos e lembrou o assassinato, em janeiro, do general iraniano Qassim Suleimani, morto por forças militares americanas. “Não somos moeda de troca nas eleições e na política interna dos EUA. Qualquer administração americana, após as eleições à Casa Branca, em novembro, não terá escolha a não ser se render à resiliência da nação iraniana”, declarou.

O presidente do Irã ainda lembrou momentos em que o país persa mediou conflitos no Oriente Médio e posicionou-se ao lado da democracia, como quando se opôs ao regime de Saddam Hussein, no Iraque.

Publicidade