Presidente da Turquia diz que general líbio promove ‘limpeza étnica’


O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, acusou nesta terça-feira, 14 o general rebelde líbio Khalifa Hafter de promover uma limpeza étnica e advertiu que, se os ataques continuarem, a Turquia não hesitará em “dar a lição que ele merece”. “Há irmãos árabes que não estão com Hafter, e Hafter quer eliminá-los”, disse Erdogan, sobre o conflito na Líbia. O general líbio retirou-se das negociações de paz nesta terça-feira em Moscou. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora