Portuguesa TAP é suspensa por 90 dias na Venezuela


A Venezuela suspendeu ontem, 16, por 90 dias as operações da companhia aérea portuguesa TAP no país, após acusá-la de ter permitido que um familiar do líder opositor Juan Guaidó transportasse explosivos durante voo, anunciou o ministro dos Transportes, Hipólito Abreu.

O tio de Guaidó, Juan Márquez, foi preso na terça-feira da semana passada, 11, em um voo da TAP, quando o líder político retornou de uma turnê internacional. Márquez diz que a apreensão foi “encenada”. O governo português apura o caso. (Agências Internacionais)

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora