Papa é resgatado por bombeiros após ficar preso em elevador

Pontífice acabou se atrasando em cerca de 10 minutos para o pronunciamento semanal na Praça de São Pedro


O papa Francisco ficou preso em um elevador no Vaticano por 25 minutos, neste domingo. Bombeiros tiveram que agir para retirá-lo.

Em razão do incidente, o pontífice acabou se atrasando em cerca de 10 minutos para o pronunciamento semanal na Praça de São Pedro. “Tenho de pedir desculpas”, disse Francisco, sorridente, ao começar o pronunciamento dominical. Ele explicou que houve um problema de energia elétrica no Vaticano e havia ficado preso no elevador.

“Uma salva de palmas para os bombeiros”, disse o papa, bem-humorado, à multidão. “Houve um momento de grande preocupação pelo que poderia ter acontecido”, afirmou Vania De Luca, vaticanista do canal Rai News.

Com agências internacionais, as informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora