Número de casos de coronavírus na cidade de Nova York mais do que dobra


O número de casos confirmados do novo coronavírus na cidade de Nova York mais do que dobrou nesta quinta-feira, 19, para um total de 3.954. A quantidade de infectados avançou com rapidez após as autoridades locais iniciarem um esforço para ampliar o número de exames em casos suspeitos. O número de mortos por causa do vírus saltou de 15 para 26 em um dia.

Para tentar reduzir o avanço do novo coronavírus, o governador do Estado de Nova York, Andrew Cuomo, ordenou nesta quinta que as empresas coloquem 75% dos empregados em trabalho remoto. Na véspera, Cuomo havia determinado que metade das equipes das companhias ficassem em casa.

Cuomo ainda pediu ajuda da gestão Donald Trump, especialmente para a obtenção de equipamentos de saúde. “Da mesma forma como precisamos de mísseis em guerras mundiais, precisamos de respiradores”, afirmou o governador.

O prefeito da cidade de Nova York, Bill de Blasio, fez o mesmo apelo ao governo federal. “Estamos vendo uma explosão no número de casos aqui na cidade de Nova York”, disse o prefeito. Se não receber ajuda para equipar os hospitais, “vamos ter um problema extraordinário na primeira quinzena de abril”, afirmou.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora