17 de agosto de 2022 Atualizado 23:48

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Omicron

Nova York se prepara para variante Omicron e decreta Estado de Emergência

Estado ainda não detectou casos da cepa, mas vem registrando uma escalada no número confirmações de Covid-19

Por Agência Estado

27 de novembro de 2021, às 10h15 • Última atualização em 27 de novembro de 2021, às 10h40

A governadora de Nova York, Kathy Hochul, decretou Estado de Emergência, neste sábado, em meio à ameaça da disseminação da variante Omicron do coronavírus (Covid-19), identificada na África do Sul.

O estado americano ainda não detectou casos da cepa, mas vem registrando uma escalada no número de diagnósticos da Covid-19. Segundo o decreto, o volume de internações por complicações da doença aumentou no último mês para mais de 300 por dia.

“Continuamos a ver sinais de alerta de picos de covid neste inverno no Hemisfério Norte e, embora a nova variante ômicron ainda não tenha sido detectada no estado de Nova York, ela está chegando”, alertou a governadora, no Twitter.

O Estado de Emergência permite que recursos sejam transferidos mais rapidamente para o sistema hospitalar, ao mesmo tempo em que assegura a obtenção de suprimentos importantes para o combate ao vírus. “Exorto os nova-iorquinos a tirarem proveito de nossa maior arma nesta pandemia: a vacina”, escreveu Hochul.

De acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês), 90,3% dos adultos no Estado de Nova York receberam pelo menos uma dose do imunizante, o que representa 77,5% da população total.

Levantamento do jornal The New York Times mostra que a média móvel diária de casos de covid-19 no Estado somou 6.666 nas duas semanas encerradas na quinta-feira, um aumento de 37% em relação ao período anterior.

Publicidade