13 de julho de 2020 Atualizado 07:50

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Covid-19

Mortes no Brasil podem bater 88,3 mil em agosto, alerta Opas

Organização fala em “aumento exponencial” dos novos casos de coronavírus no Brasil

Por Agência Estado

26 Maio 2020 às 13:18 • Última atualização 26 Maio 2020 às 13:58

A Opas (Organização Pan-Americana da Saúde) afirmou nesta terça-feira que ocorre um “aumento exponencial” dos novos casos de coronavírus no Brasil, projetando que o número de mortes pode atingir 88,3 mil no início de agosto.

O alerta foi feito durante entrevista coletiva com autoridades da Opas, entre elas sua diretora, Carissa Etienne.

Sesión Informativa #COVID19

EN VIVO: Sesión informativa #COVID19

Posted by PAHO-WHO on Tuesday, May 26, 2020

“Na América do Sul, estamos particularmente preocupados com o fato de que o número de novos casos reportados na última semana no Brasil foi o mais alto para um período de sete dias desde o início da pandemia”, afirmou Etienne no evento virtual. Ela notou que a América Latina já superou a Europa e os Estados Unidos no número de novos casos da doença, nos últimos dias. “Não há dúvida, nossa região (América Latina) tornou-se o epicentro da pandemia da covid-19”, ressaltou.

Etienne disse que, segundo os modelos de projeção da Opas, na América do Norte não deve haver mudança substancial no quadro para o coronavírus, embora ela tenha previsto “contínuo avanço no número de casos” no México. Nas Américas como um todo, “os novos casos continuam a aumentar”, ressaltou.

Entre os países em que a doença têm avançado, a autoridade citou, além do Brasil, Peru, Chile e Venezuela, por exemplo. A Opas notou ainda que Chile e Peru, aliás, têm mais casos proporcionalmente do que o Brasil, levando-se em conta o tamanho das populações.