Manifestantes protestam em Hong Kong por nono final de semana seguido


Milhares de manifestantes que se opõem à crescente influência da China continental em Hong Kong marcharam neste sábado, pelo nono fim de semana, por um dos distritos da cidade, sob pressão da polícia para conter semanas de manifestações. O grupo, jovens em sua maioria, iniciou a marcha à tarde (no horário local), depois de se reunirem em um playground e se desviarem da rota aprovada pela polícia para a manifestação.

Havia pouca presença policial aparente, mas alguns manifestantes se prepararam para a possibilidade de confrontos. Dezenas de homens usavam capacetes e máscaras, muitas vezes também com adição de equipamentos esportivos protetores.

Durante uma marcha de três quilômetros, os manifestantes pegaram barreiras de controle de tráfego e outros objetos. Do outro lado do porto de Mong Kok, na ilha de Hong Kong, milhares de pessoas compareceram a uma manifestação no Parque Victoria para apoiar a polícia e denunciar a violência.

Em seu nono fim de semana, o movimento de protesto anti-Pequim de Hong Kong parece ter ganhado ímpeto mesmo com o uso de táticas mais agressivas da polícia. Depois de tensos confrontos no último fim de semana, a polícia prendeu dezenas de pessoas e as acusou de crimes que levam até 10 anos de prisão. Fonte: Dow Jones Newswires.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora