Macron diz que tentará salvar o acordo nuclear com o Irã até 15 de julho


O presidente da França, Emmanuel Macron, disse neste sábado que está tentando retomar diálogo entre o Irã e os parceiros ocidentais até 15 de julho para acalmar as tensões na região.

O escritório de Macron afirmou em um comunicado que o líder francês falou por mais de uma hora neste sábado com o presidente iraniano, Hassan Rohani, em meio a um impasse entre Teerã e os EUA.

Macron expressou “forte preocupação com o novo enfraquecimento” do acordo de 2015 que visa conter as ambições nucleares do Irã e afirmou que iria “tentar entre agora e 15 de julho retomar o diálogo entre todas as partes”.

A Europa está tentando salvar o acordo de 2015 após o presidente dos EUA, Donald Trump, abandoná-lo no ano passado.

O Irã definiu um prazo para o domingo para a Europa oferecer novos termos para o acordo, e está ameaçando acelerar o enriquecimento de urânio. Fonte: Associated Press

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora