Líder do Governo na Câmara renuncia em reação a novo plano de May para Brexit


A líder do governo do Reino Unido na Câmara dos Comuns, Andrea Leadsom, anunciou há pouco sua renúncia ao cargo, ligando-a diretamente ao novo plano anunciado ontem pela primeira-ministra Theresa May para o acordo do Brexit.

“Sei que há eleições importantes amanhã e muitos conservadores trabalharam duro para apoiar nossos excelentes candidatos”, escreve Leadsom em carta divulgada em sua conta no Twitter. “Mas não posso cumprir meu dever como líder da Câmara amanhã para anunciar um projeto de lei com novos elementos a que eu me oponho fundamentalmente.”

As eleições ao Parlamento Europeu transcorrem em toda a União Europeia entre 23 e 26 de maio. No Reino Unido e na Holanda, a data para eleitores irem às urnas é amanhã.

Leadsom diz ainda não acreditar que o Reino Unido será “soberano de verdade” por meio do acordo reformulado de May. “Sempre sustentei que uma segunda consulta popular seria perigosa e não apoio o governo deliberadamente facilitando uma concessão assim”, acrescenta.

Segundo a mais nova baixa do governo, “ninguém” quis mais do que ela que May fosse bem-sucedida. “Mas agora peço com urgência que tome as decisões certas pelos interesses do país, deste governo e do nosso partido”, conclui Leadsom.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora