Itália multa montadoras como Fiat, Renault e BMW por formação de cartel

O órgão regulador da competição de mercado da Itália multou diversas montadoras de automóveis e as suas subsidiárias bancárias no…


O órgão regulador da competição de mercado da Itália multou diversas montadoras de automóveis e as suas subsidiárias bancárias no país em um total de 678 milhões de euros por manter um cartel de financiamento de carros por mais de uma década, segundo essa autoridade.

De acordo com o órgão, o cartel operou entre 2003 e 2017. A operação incluía as montadoras BMW, Daimler, Fiat Chrysler, Ford Motor, General Motors, Renault, Peugeot, Toyota, Volkswagen e duas associações comerciais bem como o Santander Consumer Bank.

A investigação, que começou na sequência de um acordo de leniência da Daimler, desvelou um “completo e continuado acordo pela troca de informação sensível sobre quantidades e preços, tanto atuais como futuros” em relação a empréstimos e outros produtos de financiamento de automóveis, de acordo com a autoridade.

A Daimler evitou pagar uma multa de mais de 60 milhões de euros com o seu acordo de leniência, segundo o regulador.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!