Governo Netanyahu concorda em antecipar eleições

Primeiro-ministro de Israel decidiu por realizar eleições antecipadas em 9 de abril; pesquisas apontam vitória de Netanyahu


O governo do primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, concordou em realizar eleições antecipadas em 9 de abril, depois que a coalizão governista ficou sem a quantidade necessária de votos para aprovar um projeto de lei recentemente. Netanyahu afirmou que sua coalizão “unanimemente” concordou em desmantelar o governo e realizar uma nova eleição. Em uma reunião do seu grupo político, o Likud, ele listou suas realizações no cargo e disse que esperava que sua atual coalizão nacionalista fosse o “núcleo” do próximo governo também.

As pesquisas mais recentes parecem prever outra vitória sólida de Netanyahu. No entanto, um indiciamento por acusações de corrupção ainda pesam contra o premiê israelense. A coalizão de Netanyahu sofreu com muitas divisões internas nos últimos meses, o que foi agravado depois que Avigdor Lieberman renunciou ao cargo de ministro da Defesa no mês passado para protestar contra o que considerou ser a fraca resposta do governo aos ataques com mísseis vindos da Faixa de Gaza, controlada pelo Hamas.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!