22 de janeiro de 2021 Atualizado 09:58

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Mundo

EUA: Pelosi diz que Ossoff obteve vaga no Senado; mídia ainda não crava vitória

Por Agência Estado

06 jan 2021 às 12:28 • Última atualização 06 jan 2021 às 13:19

A presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, afirmou nesta quarta-feira em sua conta oficial no Twitter que Jon Ossof venceu a disputa de segundo turno por uma vaga no Senado pela Georgia. A imprensa americana, contudo, ainda não declarou a vitória do democrata, que enfrentou ontem nas urnas o republicano David Perdue.

“Georgia deu a você uma vitória incrível, Jon @ossoff! Sua fé nos eleitores para escolher uma América mais justa, responsável e mais compassiva está justificada”, escreveu Pelosi. O próprio Ossoff publicou um vídeo no Twitter mais cedo declarando vitória no pleito.

No entanto, a Associated Press, que tem uma tradição de mais de 100 anos na apuração das eleições americanas, ainda não cravou a vitória. Em nota, a agência de notícias disse que “é muito cedo”.

Se Ossoff vencer, os democratas terão 50 dos 100 assentos do Senado. Com o voto de Minerva da vice-presidente eleita, Kamala Harris, assumirão o controle da Casa. Nesse cenário, investidores esperam mais expansão fiscal, mas também impostos corporativos mais altos e regulações mais rígidas.

Em meio à contagem de votos, o New York Times projetou 95% de chance de o Partido Democrata assumir o controle do Senado.

Na outra disputa realizada nesta terça, o democrata Raphael Warnock venceu a republicana Kelly Loeffler, segundo projeção da AP. Pastor da igreja de Atlanta onde Martin Luther King Jr. pregava, ele será o primeiro senador negro da história da Georgia.

Publicidade